segunda-feira, 1 de maio de 2006

Eric Drooker

Giant Woman

Descobri esse artista através do Stumble Upon, um tipo de ferramenta de busca onde você tem sua própria página, ótima forma de descobrir sites legais que dificilmente eu encontraria de outra forma, como neste caso. Nunca ouvi falar dele, mas já virei fã. Achei seu estilo meio surrealista, meio HQ, despretensioso e, simultaneamente carregado de simbolismo, como na pintura acima: com bom humor, ele capta o fenômeno da crescente liberação feminina e do pânico que isso provoca em nós, homens.

Dog´s Eye View


Upwardly Mobile


Grand Central Winter


Terminal Rage


Blood on the Moon


Lovers in Time


The Maze

Nova York é sua musa, e através dela aborda temas como a solidão opressiva das grandes cidades, o desejo por liberdade, a possibilidade de sublimarmos a homogeinização da cultura de massa e encontrar nossa verdadeira identidade, além de umas viagens pessoais bem interessantes. Vou postar mais obras dele em breve.

7 comentários:

Helen Carolina disse...

muito show as imagens. deixam vcs assutados é? haha, isso dá um post.

misha disse...

estudei com a carol na arquitetura... e o diálogo é um trecho do filme "alta fidelidade", dos meus preferidos!

srta. bia disse...

totalmente surrealista e HQ, mas lindas, todas as imagens, lindas mesmo. A do upwardly mobile minha favorita.
nisso sou péssima, em descobrir novos talentos no mundo das artes plásticas, fico sempre nos mesmos, bom mesmo ver novidades assim.

Carol disse...

Oi! Demorei mas vim! Adorei esse clima de quadrinhos...a giant woman, o dog´s eye view e the maze são fantásticos! Beijo!

Anônimo disse...

Adorei seu blog, vc me sempre me surprende.
Parabéns.
Janine

landika disse...

giganta ! adorei :D

ziegler disse...

Belo post, semana passada citei o Eric no meu blog. A banda Faith No More utilizou uma arte tua para a capa de um disco.

http://dezcapas.wordpress.com/2011/11/19/o-mundo-imaginario-de-mike-patton/