sexta-feira, 2 de junho de 2006

Fotógrafo Publicitário Russo

Bem sugestiva. Como o conceito de liberdade é relativo... Eu achava que ser livre era poder fazer o que me desse na telha, fazer só o que eu tinha vontade, na hora que tivesse vontade. Aí um dia, vi na tv um cara falando de Budismo, refletindo exatamente sobre esse assunto. Falou que essa era uma liberdade ilusória, porque você se tornaria escravo de seus desejos e impulsos. Ainda vou falar mais disso.
Acho que se lançassem esse modelo de "Barbie madura" muitas garotinhas seriam poupadas do trauma da perda da juventude e de exigirem de si mesmas que sempre pareçam mais jovens.
Não sei o que dizer desta, me pareceu criativaEsta foto ia agradar à criança que já fui, quando disseram a ela que se cavasse um buraco sem fim ia acabar chegando na China ou no Japão. Fiquei fascinado e confuso, se os chineses estavam de cabeça para baixo no outro lado do mundo, como é que eles não caíam?

Um comentário:

Darwin disse...

ah, olha aqui uma discussão sobre liberdade: http://www.blogger.com/comment.g?blogID=15641814&postID=112691758841202830&isPopup=true